segunda-feira, 14 de maio de 2012

Um presente especial para minha mãe

Ontem foi dia de comemoração por mais uma data em celebração aos dias das mães ao lado da minha. Mas, por que escreverei apenas hoje, após o dia escolhido dentre todos? Pelo um motivo muito simples: ontem eu queria passar o máximo de tempo com ela e não tive espaço para escrever.

Afinal de contas, dia das mães são todos os dias, mas nos concentramos em uma data do ano para refletir e lembrar o motivo de termos uma grande mãe. Pelo menos é assim que eu vejo a minha. Uma grande mãe!

O que me leva a este título não é só a força da palavra e sim o verdadeiro gesto de doação e amor que ela me depositou estes anos todos. Poderia eu ser um injusto, marginal ou toda forma de bandido, sem conhecer as regras da justiça, mas minha mãe esteve ao meu lado para me ensinar que o dedo na tomada dá choque.

Tal força ela tinha para me respeitar e cobrar atitudes e posturas e saber, que as escolhas que eu faço, são de minha e exclusiva responsabilidade. Ela me ensinou a habilidade de pensar antes de agir. Isto eu devo pelo seu amor de mãe.

Tão doente fui quando criança, que era fácil eu me entregar para a dona da vida, a morte, mas minha mãe não quis que eu me entregasse tão cedo, já que era uma criança e demandava muito de seu saber para viver. Ela se doou constantemente a minha causa para hoje eu estar aqui a escrever versos e prosas políticas e econômicas, sem saber muito do assunto. Ela me ensinou a me arriscar, porque a vida quer isso dá gente. O pássaro não voa se não cair!

A minha homenagem está quando conversamos ao telefone e eu pergunto a ela como está sendo o dia. Isto sim é reconhecer a troca de amor que ela deu para mim e eu, por retribuição ao carinho dado, tento fazer o máximo que posso, mas nunca chega aos 10% do amor integral depositado a mim por ela.

Como parte destes 10%, eu publico aqui em meu blog a minha homenagem para àquela que dedicou os primeiros passos de minha vida com um amor incondicional e hoje reconheço no olhar dela que o esforço valeu a pena.

2 comentários:

Laercio Penafiel Pires disse...

Legal, Sérgio Ricardo. Que Deus continue te abençoando e à sua mãe! Sou seu admirador desde sempre, desde a bossa nova...
Abraços
laercioppires@ig.com.br

Sérgio Ricardo disse...

Olá Laercio.

Muito obrigado pelo seu comentário. Fiquei lisonjeado pelo elogio e fico feliz por sua participação em meu blog.

Abraço.
Sérgio Ricardo