quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Está difícil!

Pessoal, está difícil votar em Presidente. Tentei em vários textos, com enormes esforços, não pedir votos para nenhum dos principais presidenciáveis tão diretamente, mas alguns perceberam que a minha tendência era a Marina Silva. Até para ela está sendo complicado votar, ainda mais pedir votos, tornando-se matéria mais que complicada.

Vamos ao fato: a próxima Presidenta do Brasil será Dilma Rousseff. Isto já está mais que comprovado por todas as pesquisas dos institutos de opinião sérios do Brasil afirmar isso. Não defendo o voto útil e sim os projetos que desenvolverão o país. Se olharmos para o marketing (o estudo dessa ciência disserta que é a imagem quem vende as melhores ideias) percebe-se que o da campanha dela é a melhor, induzindo ao grande público o voto nela e a continuidade do governo Lula. Isto gera grandes dividendos refletidos nas pesquisas. Só se cair um raio e mudar todo o panorama, teremos outro Presidente.

A minha postura em votar na Marina Silva era o contragosto de votar em um envelope fechado chamada Dilma, que tem em seu núcleo político José Dirceu, que deu uma palestra em São Paulo e já articula a formação do novo governo e a defesa de temas polêmicos, como o controle social da mídia, e a candidatura José Serra, que não simboliza um projeto de governo que atenderá realmente os anseios sociais (veja a proposta populista de aumentar o salário mínimo para R$ 600,00, sabendo que o caixa governamental já está mais que comprometido. Tendência: gerar desemprego para os trabalhadores formais de baixa qualificação) e ficou na sombra nos oito anos do governo Lula, realizando projetos políticos apenas em São Paulo. Veja, o Serra está que nem cavalo paco. Não sai de SP para nada. Concentrou toda sua campanha lá. Agora o barco da Dilma ganhou força e o projeto de Serra escorreu pelos dedos.

A Marina Silva era a diferença. E porque não é mais? Hoje Marina Silva caiu no mesmo conto do vigário. Não discute propostas e naufraga na ideia de um segundo turno para encostar Dilma na parede para ela explicar os últimos escândalos. Caiu na campanha do Serra de pára-quedas. Cadê as propostas reais e postura para assumir a Presidência da República? A Marina faltou esta aula. A mais importante da campanha!

O que resta para mim, um reles mortal eleitor e que procura alternativas de um futuro melhor para o nosso país? Está difícil! O título do artigo não é por acaso. Vou abrir o leque para ver as outras opções. O bloco socialista eu reunirei em um só, pois só mudam os personagens, mas a ideia central não.

Partidos como PCO (Rui Costa Pimenta), PSTU (José Maria), PSOL (Plínio de Arruda) e PCB (Ivan Pinheiro) relutam em defender um projeto atrasado. O único que pode salvar o comunismo é o capitalismo. É só enxergar o que Cuba pretende fazer: abertura comercial. Portanto, nenhum desses me convence. Restaram apenas dois: PSDC (José Maria Eymael) e PRTB (Levy Fidelix). Se eu escrevo que Dilma é um envelope fechado, imagine esses dois então! Não quero ser atentado a votar nulo.

2 comentários:

Anônimo disse...

É meu amigo, está difícil. Estou tendendo para Dilma por pura falta de opção. Os outros candidatos não me convenceram. Marina deveria aproveitar os debates na TV, onde tem o mesmo tempo de exposição dos outros candidatos, para expor melhor suas idéias mas não o faz aí fica difícil saber como ela vai realizar suas promessas. Eu estou cansado de promessas. Para me convecer tem que prometer e mostrar COMO vai cumprir essa promessa, de onde vai tirar os recursos e por aí vai. Serra e PSDB já começaram essa campanha sem um norte e, principalmente, se acovardando com medo de atacar o presidente Lula. O governo dele teve problemas sim, como todo governo tem. Porque não mencionar e propor melhorias. Que medo é esse? Para mim quem se acovarda desse jeito não pode ser um Presidente da Repúlica. Vamos discutir propostas, vamos discutir o que foi bom e ruim do governo lula e buscar ideias para melhorar ainda mais o que está bom e, principalmente, corrigir os erros da sua gestão. O mais ridículo foi a tentativa de nos fazer de otário, vinculando a imagem de Lula a de Serra no horário eleitoral, fazendo com que o eleitor mais desinformado acredite que o candidato de Lula à sua sucessão é José Serra. Que política atrasada é essa? Isso não existe mais. PSDB parou no tempo. Por outro lado vemos o PT mergulhado em escandalos, com seus milhares de apadrinhados, com uma candidata que é uma icógnita. Os outros candidatos das idéias comunistas você já sabe minha opinião sobre eles. Já os candidatos do PSDC e PRTB para no correr o risco de ser leviano, uma vez que são dois envelopes fechados e não conheço suas propostas, eu não vou fazer comentários.

Um abraço meu amigo e parabéns por esse espaço para discutir idéias.

Leonardo.

Sérgio Ricardo disse...

Pois é amigão Leo. A falta de opção faz a gente partir para candidatos sem o carinho necessário e a crença em um projeto de nação.
Fazia eu uma pesquisa pelo youtube e vi algumas entrevistas dos presidenciáveis. Vou lhe falar uma coisa, o Eymael até que não é nenhum cego. Ele foi deputado constituinte e tem bons projetos.
Ele me colocou uma pulga atrás da orelha.

Forte abraço e obrigado pelo comentário.
Sérgio Ricardo