quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Candidatos ao legislativo prometem até o que não podem cumprir!

Hoje ocorria uma panfletagem no metrô e fui abordado a receber o material de dois candidatos a deputado, sendo um concorrente a distrital e outro federal. A famosa dobradinha. Acolhi o documento e segui meu rumo, já que o  trem estava na estação e não perderia tempo lendo as propostas naquela hora e deixei para ler quando me aconchegasse no metrô.

Então, comecei a leitura dos panfletos entregues. Percebi que o documento não se diferencia dos mais de oitocentos candidatos a deputados que temos neste pleito. Todos prometiam propostas como se fossem concorrentes ao cargo de chefe do poder executivo, ou seja, governador.

Sempre os mesmos padrões, os documentos seguiam com a história política do candidato e, em seguida, suas propostas. Tecerei e comentarei cada uma para você, meu caro amigo, entender que as promessas que eles nos fazem são puramente eleitoreiras e que querem a garantia do seu voto utilizando o seu lado emocional.

Vejam dez dessas propostas que estão sendo propagas por esses tipos de concorrentes (lembro que são candidatos ao legislativo):

1) Creche com período integral, alimentação balanceada e segurança, para garantir educação para as crianças. Dessa forma as mães podem trabalhar, aumentar a renda e a qualidade de vida da família.

2) Escola pública com atividades em tempo integral, a fim de evitar que as crianças e adolescentes fiquem nas ruas e sejam alvos fáceis para drogas e criminalidade.

3) Utilizar a estrutura das escolas em cursos de qualificação para os jovens, a fim de garantir formação profissional de qualidade e competitividade no ingresso ao exigente mercado de trabalho.

4) Abrir as escolas públicas durante a noite e aos fins de semana para promover atividades profissionalizantes, socioeducativas, culturais e esportivas para a comunidade.

5) Realizar programas de reinclusão e valorização dos cidadãos da melhor idade, que são os portadores da sabedoria na sociedade.

6) Criação de faculdades públicas mantidas pelo GDF.

7) Regularização imediata de condomínios e áreas rurais produtivas com venda direta aos ocupantes.

8) Escola com tempo integral nas satélites.

9) Criação de novos hospitais e contratação de médicos.

10) Licitação imediata de novas linhas de ônibus.

Meu amigo note que se perdeu o senso de política pública no Brasil. Se na Capital Federal estamos produzindo esses tipos de representante, imagine em cidades que não temos um capital intelectual tão apurado que consiga confrontar essas ideias.

Quando recebi as propostas, eu me senti lesado na minha inteligência, mas na mesma hora me veio à verdade: o povo é quem produz este tipo de candidato.

Então, meu caro leitor, antes de tomar qualquer decisão verifique se as propostas condizem com a ação legislativa que é a fiscalização do poder executivo e criação de leis que equilibram o ordenamento jurídico social.

Por que não se discute a redução dos custos da máquina pública para manter uma câmara legislativa cara? Por que não apresenta uma proposta que consolida leis que tratam de assuntos correlatos? Por que não debater a questão do orçamento público em termos de transparência e com objetivos claros de desenvolvimento social, com metas estabelecidas e desenvolvimentistas? Continuamos a produzir partidos e partidos, candidatos e candidatos, sem objetivos, sem estruturas concretas para assumir um cargo legislativo, sem ideias e propostas transparentes.

Por essas e por outras que é caro mantermos a legislatura brasileira e com os "caras" nos ludibriando, roubando, fazendo chacota e nos mostrando que é melhor virar deputado do que trabalhar em verdade do bem social. Hoje, para ser candidato, a concorrência é maior do que se tornar um servidor público. É mais fácil ser deputado do que servidor, já que exigências para assumir um cargo de servidor público são maiores e demandam muitos esforços.

2 comentários:

Chutando a Lata disse...

Boa sorte em seu blog. COmo um liberal deve saber que não tem que contar com ajuda de ninguém para suas opções; se forem boas colherá os frutos na hora certa.
um abraço e sucesso em sua empreitada
marco bittencourt

Sérgio Ricardo disse...

Obrigado professor pelo apoio.
Espero não decepcioná-lo com as minhas palavras e os meus aprendizados.
Agradeço sempre o suporte que tem dado.

Forte abraço!
Sérgio Ricardo